Força estranha

Então você abre seu e-mail menos de 5h depois que foi dormir e se depara com o mesmo mailing de sempre, com “ofertas imperdíveis” de uma certa loja virtual.

Ok, você pensa, não deve ser nada demais, vou apagar essa josta como eu costumo fazer com todo e-mail deles que chega. Mas não, algo te diz que aquele é diferente, que há um motivo especial para abrir o e-mail.

Então você abre. E a página carrega. E aí você lê: “Para você conseguir realizar um desejo, estamos enviando um lembrete de um dos produtos da sua Lista de Desejos. Mas não se esqueça de manter sua lista sempre atualizada: assim o Submarino pode continuar a lembrá-lo de seus desejos.”

E era o anúncio que o DVD “Live in London”, show do The Cardigans gravado em Londres no meio da turnê do “The First Band on the Moon”, estava novamente disponível. Com 5% de desconto.


Sabe a força estranha citada no título? É simples, pal. A força estranha que me ataca nesse momento é o consumismo: “De onde eu vou tirar R$35,91 no meio do mês pra comprar esse DVD?”.

Sofro.

Anúncios