Um jeito diferente de usar o FormSpring

A onda pegou rapidão no Twitter essa semana. Como eu sou loser [ainda bem que não assino como especialista em redes/mídias sociais], nem sei dizer como surgiu, de onde veio, quem fez o primeiro e tudo o mais.

Sei que a info chegou até mim [se tem uma “teoria” que eu adoro é a de um professor lá da Faculdade de Jornalismo que dizia: se você não vai até a informação, ela acaba vindo até você – e tem coisa melhor pra isso que o Twitter? :)] e, matutando de madruga com ela, chegamos à conclusão de que a ferramenta, por mais que esteja funcionando como um arremedo do caderno de confidências, com gente perguntando frivolidades, questionando limites sexuais e outras maravilhas, o Formspring.Me pode sim ter outras aplicações.

O blog Moda Para Homens, por exemplo, tem lá um perfil para responder sobre “moda e comportamento masculino”. Se você é um bronco e não sabe combinar nem camiseta com calça jeans e ainda assim quer sair bonitão por aí, pode mandar sua dúvida pra eles que a galera responde.

E isso é só uma possibilidade. Sugeri no Twitter o seguinte: e se uma professora de Ensino Médio abrisse um perfil no FormSpring para tira-dúvidas de seus alunos, será se funcionaria?

Pensando nisso, resolvi deixar meu perfil por lá com a seguinte proposta: posso te ajudar respondendo alguma coisa? mandaê, então!

Aí você pergunta: “mas o que você sabe o suficiente para ajudar alguém?” Sei lá, ué. Pergunta e a gente dá um jeito. Mas se você der um confere nos textos que eu já publiquei no Papo de Homem, vai sacar que eu me meto a entender de relacionamentos/mulheres. Quem sabe eu não possa te ajudar nisso?

Lembrando que um dos grandes chamarizes da ferramenta é que você pode mandar suas indagações anonimamente. Obviamente, abusos não serão permitidos. Pra todo o resto, fique à vontade. 🙂

UPDATE
Convido vocês, que leram esse texto até aqui, a se aventurarem da mesma forma e se disporem a ajudar a “internet”, criando um perfil no FormSpring e respondendo perguntas sobre as áreas que vocês dominam. Dividir é a real, e a melhor delas. 🙂

Anúncios

3 respostas em “Um jeito diferente de usar o FormSpring

  1. Pingback: Tweets that mention Um jeito diferente de usar o FormSpring « a funky experience -- Topsy.com

  2. Olá, Pedro!
    Não sei em qual caminho segui pra acabar aqui no seu blog. Mas encontrei seu post de dois anos em Sampa…
    Sou de SP e vim passar o ano nos Estados Unidos como au pair e, é incrível como me encontrei em cada palavrinha! O mais engraçado é ver que essa solidão aconteceu com você em Sampa que é o lugar em que mais penso quando a solidão bate… rs.

    Já estou voltando pra casa… em cerca de um mês. E mal posso esperar…
    Como você disse no post, casa é onde nosso coração está, não é? Esqueci o meu aí, preciso voltar pra buscar… 😉

    Abraços!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s