Não são cinco ou dez

Não são dois ou quatro. Nem 7, 14, 21…

Não são andares, nem passos nem contagens perdidas, daqui de cima eu vejo quase nada. Assim, deixe-me explicar, você não é daqui.

 

Daqui de cima eu vejo, posso ver tudo, estando sozinho, mas estou na contramão. É como se eu não pudesse controlar nada.

Eu não vejo nada, na verdade.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s