samba-rock – imagem dissolvida em música

A arte deve sempre inspirar seriedade? Sempre há de se fazer uma visita ao museu com as mãos para trás? A reflexão deve ter sempre um caráter de interiorizado? Voltemos a essas perguntas posteriormente. 

Assim eu abro o meu projeto final [o planejamento de uma exposição, da qual cada aluno seria o curador] da disciplina de Teorias da Arte Contemporânea. O texto, um pouco vencido e talvez até bobo, dá base para falar sobre a minha idéia de exposição, o que eu gostaria de mostrar um dia se fosse possível.

A proposta do trabalho é unir 5 obras de arte, encontrar um fio que as una e dissertar sobre isso em forma de exposição. Pura masturbação mental da melhor qualidade. Minha idéia foi unir fotos do Bob Gruen [sim, aquele que fez a exposição aqui em Sampa. Sim, eu sou óbvio, e daí?] com sambas clássicos que casassem com as fotografias ou mudassem completamente seu sentindo. Acho que deu certo…  

Com que roupa?

Senhor Delegado

Pecado Capital

Amigo é pra essas coisas

O mundo é um moinho

É isso…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s