E a luz desperdiçada de manhã…

Poiszé…

desde o anúncio do tempo que o Los Hermanos deu, fica essa coisa de todo mundo ou chorar ou comemorar…

Saiu mais um texto no Apontador, blog de crítica musical no melhor estilo metralhadora, falando justamente disso…

Em resposta a esse texto, comentei o que vocês podem ler abaixo.

Agora deixa de preguiça e lê tudo… rum!

Do mesmo jeito que os fãs chatos pipocaram aos montes, do mesmo jeito que virou bonito dizer que gosta de Los Hermanos, do outro lado ficou muito legal meter o pau, dizer que não gosta e fazer cara feia pras músicas.

Uma coisa que não se pode fazer NUNCA é colocar no artista a culpa do fã… se o fã é daquele tipo odioso, que acha o artista deus e o caralho a quatro, isso não é culpa do artista, independente de quem seja ele, Los Hermanos ou Rolling Stones.

Quanto a ser velho, gostar de truco, de samba… que mal há nisso? essas coisas seriam ruins, por acaso? para gostar de samba precisa-se ser de raiz, merecedor daquilo? talvez isso seja um pouco de pré-conceito…

Coisa de velho e coisa de jovem é uma construção um pouco rasa demais. saca só como é estranho…

Reclama-se que eles [os LH] falam muito de samba, tem letras rebuscadas demais, ou chatas demais, que usam barba pra fazer estilo… marketing, dizem uns…

Caramba… me diga o que é mais vergonhoso do que dizer que cheirou as cinzas do pai… bom… eu mesmo digo… é falar que era brincadeirinha quando a Disney fecha a cara… se o Keith é o cara, ele que mandasse a Disney se catar, correto?

Bem, mas a coisa não é bem assim…

Por isso, eu não torço para que o LH acabe. Eu torço para que eles voltem e façam outros discos interessantes como os três primeiros. Não que o quarto seja exatamente ruim. mas ele é inferior ao Ventura…

E só mais um dado… embora essa lenda tenha se alastrado com firmeza, é só dar uma pesquisada em entrevistas da banda pra ver que essa coisa de Anna Julia ser desprezada é lorota. Inclusive no PIPOP, para o bem ou para o mal, eles a tocaram. Já na primeira edição, não.

Mas antes de se falar da banda ser ruim, ter canções de ninar ou não [outro argumento raso… seria como reduzir a e-music a música de gente drogada… :D], ou qualquer outra coisa… é preciso levar em consideração que depois da exposição que eles tiveram com o primeiro disco e ter peitado a mudança de estilo no segundo, perder seu público massificado, reconquistar esse público, ter esse hype todo para o 4o disco e finalmente, causar todo esse rebuliço na imprensa sobre o seu possível término… cara, é coisa pra caralho… convenhamos…

Algumas bandas e pessoas dariam um dedo para terem isso… e não tem…

Irônico, não?

Eu achei muito irônico…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s