Eles fizeram de novo

 

O release tá lá no meu e-mail.

Depois de remixar Nude, agora é a vez de Reckoner.

To coincide with asking radio stations to think about playing Reckoner we are breaking up the tune into pieces for you to remix. After the insane response we got from the Nude remix stems and the site that was dedicated to your remixes, we thought it only fair to do the same with a tune that at least is in 4/4. [...]

A iniciativa de liberar Nude para ser remixada rendeu números absurdos. No release consta que foram 6.193.776 de visitantes únicos e mais de 29 milhões de page views no RadioheadRemix. Os 2.252 remixes subidos para o site geraram 1.745.304 de audições, 461.090 votos e absurdos 10.666 Terabytes em dados. O remix “vencedor”, feito pelo grupo canadense Holy Fuck, é bem bom e está disponível para download aqui.

Pois é, o grande lance de Nude é que a danada era uma música em 6/8 [sabe quando o artista grita "1,2,3,4!"? Então, nesta Thow Yorke gritaria "1,2,3,4,5,6!" e a música seguiria cabendo nessa contagem. Tente contar junto com a música e você vai entender tudo] e agora os caras resolveram aliviar. Colocaram Reckoner, uma tradicional 4/4, para ser remixada. 

É o mesmo site do outro concurso: RadioheadRemix e já veio com dois remixes de cara: um do produtor James Holden [bem bom] e outro do Dj/produtor Diplo [Radiohead dançante é insano]. A coisa funciona assim: o Radiohead lança como single as partes da música separadas – vozes, cordas, bateria… -,  o sujeito compra isso na Apple Store e monta seu remix. Remix montado, sobe pro site. Estando no site, vai para audição. Gostaram, as pessoas votam no seu remix. Os mais votados, o Radiohead escuta. Você tem até o dia 23 de outubro para mandar seu remix.

Em três horas que as partes de Reckoner estão à venda são mais 166 remixes [e contando]. Para completar, deste vez você pode divulgar seu remix através de um widget para seu perfil no Facebook, MySpace ou site pessoal…

Seja idéia do próprio grupo ou um de seus produtores, o fato é que o Radiohead sempre arruma maneiras interessantes de estar na mídia, de gerar buzz. E, antes de qualquer coisa, eu acho isso fantástico.